Quem Somos

Missão

Activar e mobilizar a participação de todos os actores tendo em vista reforçar uma identidade local capaz de, colectivamente, quebrar o ciclo de pobreza e exclusão social da população, promovendo o desenvolvimento sócio-económico da comunidade da freguesia da Vitória, em todas as dimensões e áreas de actividade Pautada pelos VALORES da: IDENTIDADE , PARTICIPAÇÃO e AUTONOMIA Em suma, a origem e desenvolvimento da Organização foi sempre pautada pela criação de respostas que visem melhorar as condições de vida da população local, numa perspectiva de desenvolvimento integral da mesma, surgindo, assim, novas formas, práticas e dimensões de actuação em função de “novas” necessidades manifestadas.

Visão

Contribuir para uma sociedade inclusiva promovendo a participação de todos os actores.
Visão (longo prazo) – Captar aos nossos serviços novos clientes.

Valores

Contribuir para uma sociedade inclusiva promovendo a participação de todos os actores.
Visão (longo prazo) – Captar aos nossos serviços novos clientes.

Meio Envolvente

O Centro Histórico do Porto, e a freguesia da Vitória em particular, constitui-se como uma zona urbana degradada em que na génese dos processos de exclusão e pobreza se encontram fenómenos como: a degradação habitacional; a mutação das estruturas familiares tradicionais; os comportamentos desviantes; o desemprego e situações de emprego precário; o elevado insucesso e abandono escolar; os baixos níveis de qualificação profissional ou desqualificação de antigos trabalhadores devido a processos de modernização tecnológica, contribuindo para a manutenção das situações de vulnerabilidade social e económica que caracterizam esta população.

Destes factores, salientamos aqui, as baixas qualificações, quer escolares, quer profissionais, que conduzindo à perpetuação das situações de pobreza conduzem, igualmente, à reprodução destes ciclos junto da população mais jovem, comprometendo o seu investimento num futuro profissional e social onde imperam mecanismos de dependência face ao sistema social, bem como de uma economia paralela e de comportamentos desviantes.

Direção

Presidente da Direcção
Padre Agostinho Cesário Jardim Moreira

Vice Presidente
Eng.º António José Gonçalves Novais

Secretário
Dr. Rui Manuel Moreira

Tesoureiro
Dr. Ramiro José Leite Resende

Vogal
Dr. Diana Figueiroa

 

CONSELHO FISCAL

Dr. Paulo Jorge Rendeiro Correia
Dr. José Brandão Teles

Dr. Digo Sant'Ana

 

 

CONSELHO EXECUTIVO

O Conselho Executivo é um orgão não estatutário composto pelos responsáveis de estrutura, um dos quais é o pivot, tendo a sua organização resultado directamente da estruturação da actividade pelas cinco áreas correspondentes às Estruturas, que reúne periodicamente.
É nas reuniões deste Conselho, caracterizado pela sua informalidade e pela discussão aberta de todos os assuntos que são discutidas e preparadas algumas questões vitais para o funcionamento do CSPNSV.
Com competências genéricas de acompanhamento e orientação das actividades
de carácter técnico.
As funções que lhe estão atribuídas incluem:
· Emitir pareceres sobre projectos, o plano e o relatório anual de actividades;
· Apoiar a Direcção na Missão da Organização;
· Implementar procedimentos de estímulo à excelência, avaliação de qualidade e promoção da imagem externa da actividade técnica.